Saiba mais sobre a candidíase

Esta é uma doença que afeta entre 3 a 4 das mulheres ao menos uma vez na vida.

Postado em 16/04/2018.

Pelo menos três em cada quatro mulheres podem ser afetadas por problemas de candidíase, esta que é uma doença caracterizada por sintomas entre eles corrimento e coceira vaginal, ao menos uma vez na vida isto pode ocorrer. Este é um número expressivo que merece uma boa atenção, a melhor notícia é que o tratamento não precisa ser feito de forma complexa e tampouco demorada.

Assim que surgirem os primeiros sintomas até a escolha do melhor tratamento poderão surgir algumas dúvidas, e isto é bastante comum. Você sabe a causa da candidíase? Pois saiba que existem formas de prevenir este problema.

Saiba mais sobre a candidíase

O que é a candidíase e seus principais sintomas

A candidíase se apresenta como um tipo de infecção gerada por fungo do gênero Candida. Entre os seus sintomas, podemos citar alguns incômodos que poderão impactar no dia a dia das mulheres, entre eles a coceira vaginal, a vermelhidão, e dores para urinar ou durante a prática sexual. Corrimentos em coloração esbranquiçada pode também ocorrer.

Este fungo já existe no organismo feminino, porém em pequenas quantidades, e o organismo estiver debilitado, o risco da doença se desenvolver aumenta, pois, a reprodução excessiva do fungo poderá começar a gerar sintomas e favorecer o surgimento do problema. A região genital feminina é quente e úmida, e por isso a proliferação do fungo se torna mais fácil.

O que pode aumentar a possibilidade de candidíase?

São diversos períodos e hábitos que podem auxiliar no aparecimento do problema, entre eles podemos citar:

O sistema imunológico debilitado, bem como o período de menstruação.

A utilização de antibióticos e a utilização de roupas úmidas, onde se você ficar com roupas de banho molhadas por muito tempo ou utilizar biquínis molhados e não secar corretamente, poderá favorecer a candidíase vaginal.

A utilização das roupas íntimas apertadas e roupas como as leggings e jeans skinny que geram abafamento na região íntima e situações de estresse.

Como é o tratamento para a candidíase?

Antigamente, os tratamentos relacionados a candidíase ocorriam somente com a utilização das pomadas antifúngicas ou de medicamentos antimicóticos. Em diversos casos, estes produtos precisam ser utilizados durante o período noturno, mas geram desconforto se escorrerem durante a noite, e o tratamento pode ocorrer em diversos dias.

A melhor notícia é que atualmente existem diversos medicamentos inovadores em forma de comprimido vaginal, que permitem que você faça apenas uma aplicação para resolver o problema, sua utilização é rápida, simples em não gera desconfortos que os medicamentos em creme ou pomada podem gerar.

Como se prevenir do problema?

Muitas atitudes poderão auxiliar a controlar o aparecimento da doença. Com isto, fique de olho e coloque estes hábitos em prática no seu dia a dia.

Procure evitar a utilização de desodorantes e produtos perfumados na região íntima.

Mantenha a região vaginal sempre bastante seca, além disto, tenha uma alimentação balanceada, evitando alimentos que contem com altos teores de açúcar.