Conheça problemas de saúde causado pelo estresse

Veja os principais problemas de saúde gerados pelo estresse.

Postado em 06/12/2017.

O estresse é uma doença moderna e faz parte do dia a dia dos homens e mulheres. É possível até tentar levar a vida de forma mais leve e tranquila, mas uma vez ou outra é possível se deparar com situações que podem tirar você do sério e levar ao estresse. De acordo com pesquisas realizadas, estudos comprovam que tanto homens como mulheres encaram as situações de estresse de forma diferente, e que situações de estresse crônico poderão custar alto para a saúde, mais das mulheres do que dos homens.

Conheça problemas de saúde causado pelo estresse

Os hormônios falam mais alto

O maior motivo para que isto ocorra é a liberação de hormônios, entre eles o cortisol, durante situações de estresse. Este é um hormônio que gera impactos negativos na pele, no sistema imunológico, bem como no sistema digestivo dando origem aos problemas que são relacionados ao estresse. Outra particularidade é que os distúrbios físicos, o estresse, entre outros fatores acabam colocando em risco a saúde mental. Confira algumas das formas que o hormônio do estresse afeta a sua vida no dia a dia.

Redução de apetite sexual

Uma grande parte dos eventos que geram o estresse, acabam por diminuir a libido. Isto poderá ocorrer quando elevamos os níveis de cortisol, e estes suprimem os hormônios sexuais naturais do nosso corpo.

A menstruação desregulada

Situações de estresse agudo ou crônico poderão alterar o equilíbrio de hormônios, o que poderão fazer com que as mulheres parem de menstruar ou tenham períodos atrasados ou mesmo irregulares. Os pesquisadores descobriram que as mulheres em trabalhos estressantes possuem 50% a mais de risco de terem ciclos menstruais mais curtos do que as mulheres que ocupam posições um pouco mais tranquilas.

Situações de acne frequentes

Os níveis altos de cortisol no organismo geram o excesso da produção de óleo, o que acaba contribuindo para o aparecimento da acne. Estudos realizados mostram que os estudantes possuem mais acne durante períodos de realização das provas, o que aumentam de vez o seu estresse.

A perda dos cabelos

Situações de estresse psicológico poderão gerar um desequilíbrio fisiológico que contribui para a perda dos cabelos. O estresse poderá interromper os ciclos de vida dos fios, gerando a queda dos cabelos. É possível perceber comumente mudanças imediatas após um período de estresse, ou de três a seis meses depois inclusive.

Situações de má digestão

O estresse de forma prolongada poderá impactar no sistema digestivo, aumentando assim a acidez do estômago, gerando a indigestão, e o desconforto, além de contribuir para o desenvolvimento de úlceras.

Condições propícias para depressão

As mulheres são certamente duas vezes mais propícias a viver uma depressão do que os homens, pesquisas recentes vem investigando as respostas ao estresse entre os sexos para explicar este tipo de discrepância. Os níveis elevados de cortisol poderão resultar no estresse de forma crônica, o que poderá ser gerado por um problema no trabalho, ou dificuldades na vida sexual, como uma morte ou divórcio, que poderão motivar a depressão.