Confira os remédios mais utilizados para emagrecer

Diversos medicamentos, entre eles a sibutramina e o saxenda possuem recomendações específicas para gerar a perda de peso.

Postado em 16/11/2017.

Os remédios para emagrecer são considerados como uma forma interessante, fácil e prática para perder o peso. Apesar disto, para que eles possam realmente funcionar, especialistas no assunto deverão ser procurados, tudo porque eles poderão gerar efeitos sérios e precisam inclusive ser consumidos com um grande cuidado.

Saiba mais sobre alguns dos remédios para emagrecer mais conhecidos, e como eles agem, para qual finalidade são indicados, e se causam efeitos colaterais. Procure descobrir se algumas alternativas naturais, bem como alimentos funcionais poderão substituir os medicamentos.

Confira os remédios mais utilizados para emagrecer

Quitoplan

Essa é uma verdadeira sensação em mais de 44 países no mundo. a Fórmula de QuitoPlan fornece para o organismo tudo o que é necessário para deixar o seu corpo como o dos seus sonhos em poucas semanas. É um plano interessante de emagrecimento Importado, que une as cápsulas que exterminam gordura do corpo, junto de um plano alimentar simples, o que em um conjunto acabam por eliminar toda a gordura de seu corpo, sem que você precise passar situações de fome ou até mesmo se matar com a prática de exercícios físicos cansativos e repetitivos.

Sibutramina

Este é um dos medicamentos mais interessantes e conhecidos, além de utilizados para emagrecer. O medicamento acaba atuando e mexendo em diversos neurotransmissores com ao serotonina, a noradrenalina bem como a dopamina, e a partir disto, reduzindo o apetite. Atualmente ele é um dos medicamentos que poderá ser vendido no Brasil desde que seja comercializado com prescrição médica.

Vantagens e indicações do medicamento

Uma das maiores vantagens de sibutramina está na sua ação de redução de apetite, e também de aumentar seu gasto de calorias.

O interessante é que ela seja passada para pacientes que possuam um IMC maior do que 30, onde a orientação de mudança de dieta e exercícios acabar não surtindo os devidos efeitos para emagrecimento.

Efeitos colaterais do medicamento

Como efeitos colaterais do medicamento, podemos citar que a sibutramina é contraindicada para quem possui hipertensão, diabetes ou mesmo um risco aumentado para doenças consideradas cardiovasculares. Ela poderá gerar uma série de efeitos colaterais com por exemplo a boca seca, constipação, dores de cabeça, insônia, entre outros efeitos.

As alterações de humor são também bastante comuns e deverão ser relatadas para os médicos.

A Saxenda

Este é um medicamento para emagrecer, aprovado pela Anvida em 2016. Seus princípios ativos envolvem a liraglutina, o que é a mesma do remédio Victoza, utilizado para o tratamento de diabetes. O medicamento foi descoberto para utilizar na redução da sensação de fome, além de melhorar a glicose existente no sangue.

Ao contrário de outros tipos de medicamentos de utilização oral, o saxenda deverá ser injetado sob a pele.

Vantagens e indicações do medicamento

Existe uma indicação de que o Saxenda deverá ser utilizado em conjunto com dietas e atividades físicas em adultos que possuam as seguintes condições:O índice de massa corporal acima de 30kg/m²O IMC acima de 27 kg/m² com alguma condição relacionada ao excesso de peso, como por exemplo a hipertensão, o diabetes do tipo 2 ou ainda as possíveis alterações de colesterol.

Ao que se acredita, ele funciona melhor em pessoas que possuem problemas metabólicos, já que também acaba por preservar o pâncreas.

Outra vantagem relevante é que o saxenda não afeta o humor do paciente, como ocorre com outros remédios para emagrecer.

Efeitos colaterais do medicamento

Este poderá causar um desenvolvimento da pancreatite, bem como cálculos em vesícula biliar e risco de hopoglicemia, este último deverá ocorrer em pacientes com diabetes do tipo 2.

Orislat

Esse é um medicamento que não atua na fome, bem como na saciedade ou com outros tipos de mecanismos de metabolismo. Geralmente ele interfere no processo de absorção de gordura, inibindo assim que 30% dela seja assimilada pelo corpo, o que é eliminado em um a maior quantidade nas fezes.

Por conta disso, ele serve como o maior coadjuvante, juntamente a outros tipos de medicamentos para emagrecer.

Vantagens e indicações do medicamento

O orlislat é um bom medicamento para as pessoas que contam com uma dieta rica em gordura, e quem tenha dificuldades de cortar a mesma da alimentação.

Como efeitos colaterais, quando a pessoa ingere muita gordura, tomando este tipo de medicamento, ela poderá ter diarreias devido a quantidade de gordura existente em suas fezes, o que poderá inclusive gerar desconfortos.