Como prevenir pedra nos rins?

Pequenas atitudes do dia a dia podem ajudar a prevenir este incomodo.

Postado em 04/12/2017.

Começa quase sempre com uma dor leve na região do abdômen, quase sempre sendo confundida com qualquer tipo de desconforto que acaba sendo comum no dia a dia. Mas rapidamente esta dor fica mais forte, e acaba fazendo com que as pessoas se tornem incapazes sequer de ficar de pé. Neste ponto as pessoas costumam ser levadas para uma emergência e o diagnóstico costuma ser pedra nos rins.

O nome da doença, neste caso, acaba oferecendo uma descrição praticamente literal do que ela representa: são pedras que surgem nos rins, sendo que o seu tamanho pode variar de um simples grão de areia até o tamanho de uma grande bola de golfe. As pedras não surgem do nada, acabam aparecendo a partir da união de minerais da urina que acabam se cristalizando.

Existem diversos tipos de minerais que acabam sendo encontrados na urina e que podem causar as pedras nos rins, sendo que os mais comuns são cálcio ou ácido úrico. Existem também alguns tipos de medicamentos que podem acabar causando pedra nos rins, especialmente aqueles que contam com compostos como furosemida, topiramato e xenical.

Como prevenir pedra nos rins?

Geralmente essa doença não é considerada algo que pode causar um dano sério, mas a dor sentida realmente é uma das mais fortes, sendo que muitos especialistas comparam com as dores que as mulheres sentem no parto. E o surgimento das pedras nos rins podem ser evitados com algumas medidas:

Beber muita água

Uma das dicas mais efetivas para as pessoas que desejam evitar as pedras nos rins é beber muita água ao longo do dia. Os benefícios da água natural são variados, sendo que um dos principais é justamente é reduzir as concentrações das principais substancias encontradas no organismo e que acabam dando origem as pedras nos rins. E uma das formas de saber se a pessoa está tomando bastante água é ficar de olho na cor da urina, sendo que o recomendado é sempre estar mais perto do amarelo claro do que do amarelo escuro.

Evite oxalatos

Existem diversos alimentos que são ricos nessa substancia, dentre eles ruibarbo, beterraba, espinafre (cru), queijo cheddar, batata doce, nozes, chá, chocolate, e soja e derivados. Estes são alimentos que podem aumentar consideravelmente a chance da pessoa ter pedras nos rins, portando é sempre importante dar uma boa regulada na quantidade consumida no dia a dia.

Diminuir ingestão de sal e proteínas animais

Outros alimentos que devem ser evitados são aqueles que contam com uma grande quantidade de sal e também as proteínas animais. É claro que não é preciso evitar completamente a proteína animal, mas é bom manter a alimentação sem grandes exageros nestes itens. Já o sal pode acabar sendo substituído por temperos naturais.

Aumente a quantidade de cálcio

O cálcio pode ser um bom aliado das pessoas que desejam evitar as pedras nos rins. Mas é importante que as pessoas acabem dando prioridade para as fontes naturais de cálcio, e não os suplementos.