Cansada? Saiba como ter mais disposição!

Se você está se sentindo cansada, conheça algumas dicas para melhorar o seu bem estar.

Postado em 15/04/2018.

Se você acabou de tirar férias, ou muitas vezes está se sentindo cansada, esse cansaço poderá ser relacionado a uma série de fatores diversificados. Na maioria das vezes nos expressamos através de nosso corpo, e justamente é nele que se soma todo o estresse tanto físico como mental. O cansaço serve como um tipo de debilitação de suas forças, gerando a fraqueza em um ou mais músculos do corpo. A situação de cansaço poderá ser provocada por muitos motivos, estes podem ir desde as noites mal dormidas até mesmo falta de vitaminas ou problemas psicológicos.

Cansada? Saiba como ter mais disposição!

Situações que podem gerar cansaço:

Anemia

A anemia poderá gerar situações diversas de cansaço, entre elas o cansaço, sono, queda de cabelos e muitas vezes falta de ar. Em mulheres por exemplo, este é um fenômeno bastante comum durante a menstruação, onde a perda de sangue acaba por aumentar o déficit de ferro existente no organismo.

Situações de depressão

O vigor quando está abaixo de zero é um traço comum de quem sofre com situações de depressão. Mesmo que seja uma doença de origem psíquica, a depressão acaba totalmente com a disposição física, através dela é que acontece um processo inflamatório dentro de neurônios, o que poderá atrapalhar por completo seu funcionamento, gerando assim o cansaço.

Os problemas de tireóide

Os hormônios de tireóide são bastante vitais para que se possa manter o nosso metabolismo aceso. Uma situação comum do hipertireoidismo, é quando a tireóide trabalha demais e o hipotireoidismo, situação onde a glândula acaba ficando lenta é uma apatia total. Geralmente o coração bate muito rápido e o indivíduo acaba se queixando frequentemente de cansaço extremo.

A falta de vitamina D

Muitos estudos realizados atualmente apontam que a baixa dose de vitamina D no organismo é uma das maiores causas de cansaço em excesso e inclusive a sensação de desânimo. A partir disto, a dosagem de vitamina D no sangue é realizada em laboratório e deverá ficar acima de 40 mg/dl. Caso a exposição do sol não seja suficiente é fundamental que seja feita a suplementação de vitamina D.

As dietas Restritivas

A eliminação de forma radical em grande quantidade de alimentos ou de fazer as dietas da moda que cortam de forma exagerada os grupos alimentares poderão gerar sérios problemas nutricionais. A partir disto, o carboidrato acaba nos dando a glicose, o que é um importante combustível para o corpo e sem ele a sensação de esgotamento é comum e frequente, o que torna as queixas de cansaço e falta de energia muito comuns depois das duas primeiras semanas de restrição alimentar.

A ansiedade

Não há dúvidas de que a ansiedade e o estresse são os males da vida moderna e a queixa comum é que se acorda cansado. Já está comprovado que o estresse libera quantidades altas de cortisol, e de adrenalina, um tipo de hormônio que em altas doses poderão prejudicar o funcionamento de neurotransmissores, deixando assim os indivíduos ansiosos, com uma dificuldade existente de concentração e no sono.