Os erros mais comuns que te impedem de ter uma barriga definida

Caso não ocorra atenção á postura e a respiração, as repetições de abdominal não devem funcionar.

Postado em 19/05/2018.

Você está cansado de fazer tantos abdominais e não percebe resultados, esta é a hora de dar uma pausa e analisar como andam a execução dos seus exercícios. Na maioria das vezes, os alunos possuem uma boa frequência de treino, e na pressa para terminar as séries, ele acaba ignorando detalhes que podem fazer toda a diferença na prática dos exercícios. Em sua maioria, os alunos possuem uma boa forma física, e frequência de treino, mas na pressa de terminar as séries, ignora diversos detalhes que podem comprometer os movimentos.

Piores ainda são as situações que além de resultado zero, o praticante poderá ganhar dores terríveis tanto nas costas como no pescoço. Qual a causa disso tudo? Certamente são os erros de postura na hora de realizar os movimentos, a partir disto, é importante prestar atenção nos braços e pernas, bem como nos pés, na posição das costas e respiração.

Os erros mais comuns que te impedem de ter uma barriga definida

Veja de acordo com especialistas as situações mais comuns cometidas por quem ainda não está acostumado ao sobe e desce para chegar a barriga tanquinho.

Os cuidados com a respiração

O interessante é que se possa expirar quando você precisa fazer mais força, ou seja, na hora de subir o tronco, apesar de você fazer força e manter uma contração leve por todo o exercício. A partir disto, você poderá recrutar mais os seus músculos abdominais.

A movimentação dos braços

Os braços precisam ficar posicionados de forma que os cotovelos venham a ficar abertos. Desta forma você não irá forçar muito a sua coluna e ainda evita as dores nas costas.

A localização dos pés

Os pés sempre precisam ficar próximos do quadris e afastados um do outro na largura do mesmo. Este processo evita sobrecarga na região lombar de sua coluna.

A movimentação da cabeça

Sempre que for realizar movimentos, é interessante imaginar que existe uma bolinha entre seu queixo e seu colo. Esta impede você de dobrar o pescoço, e enterrar o queixo no peito. Suas costas e pescoço precisam ficar o tempo todo alinhados, evitando assim a tensão na sua musculatura de coluna vertebral.

As elevações de costas

Esta situação varia conforme seu condicionamento físico. Geralmente quem estiver começando não consegue uma elevação grande sem tirar os pés do chão ou mesmo forçar seu pescoço. O que deverá variar de uma elevação mais curta para outra mais intensa são os músculos trabalhados, assim na primeira, o foco está restrito aos músculos superiores.

A frequência dos abdominais

Os exercícios de abdominais deverão ser trabalhados como outros músculos. Para isto é importante dar um descanso para que a musculatura se recupere, e dependendo da situação, até que se consiga uma hipertrofia. O interessante é manter as séries em dias alternados, procurando repetir pelo menos três vezes por semana. Inicialmente nem é necessário se preocupar com as cargas, posteriormente procure pedir orientações ao seu treinador para utilizar pesos ou ainda aparelhos específicos.