Saiba tudo sobre veganismo na gravidez

É sim possível contar com uma gestação sem alimentos de origem animal, para isto é preciso porém tomar alguns cuidados.

Postado em 16/04/2018.

Ao vermos situações de gestantes veganas, surgem uma série de inseguranças com relação as deficiências de nutrição tanto para a mamãe como para o bebê. Como é um tipo de alimentação mais restritiva, o veganismo não consome nenhum item de origem animal, e por este motivo a insegurança é bastante grande, em especial pela dúvida de estar com a alimentação deficiente tanto em macro como em micronutrientes.

Estas dietas por sua vez, se forem planejadas de forma correta, por um profissional habilitado para isto, pode ser saudável e principalmente adequada para os ciclos de vida, o que inclui a gestação, a lactação, a infância, a vida adulta, os idosos e até mesmo os atletas.

Saiba tudo sobre veganismo na gravidez

Conheça alguns benefícios do veganismo na gravidez

Certamente uma das maiores vantagens da dieta vegana na gravidez é que a digestão de alimentos poderá ocorrer de forma melhor e muito mais rápida, amenizando desta forma queixas de queimação e de azia, além disto, existe uma prevenção de hipertensão e o ganho exagerado de peso por conta de fibras, vitaminas e minerais. Há uma melhora no funcionamento do intestino, se for acompanhado corretamente de uma boa hidratação, pela mistura de fibras e água.

Os cuidados que as grávidas veganas precisam ter

Para a situação de grávidas veganas, é fundamental citar que podem ocorrer carências nutricionais e de proteínas, podendo desta forma comprometer o desenvolvimento de forma adequada do bebê, como ainda trazer diversos problemas futuros para a gestante, como por exemplo um maior risco de osteoporose.

Outra particularidade é que a grávida vegana precisa de um planejamento de dieta bastante adequado. Onde nela não se devem consumir fontes lácteas, e deve-se buscar outros tipos de fontes vegetais em quantidades adequadas para fornecimento de cálcio. Poderá ainda ser necessário a suplementação de vitaminas, como a vitamina B12 e a vitamina D, além da monitoria de volumes de proteínas diário. Outros nutrientes que precisam ser levados em conta são o ferro e principalmente o zinco.

Alguns nutrientes principais para grávidas veganas

Na alimentação vegana é possível se obter todos os nutrientes necessários para completar a gestação. Para isto basta se ter uma dieta distribuída nas combinações de alimentos que se completam e possam fornecer ainda proteínas completas, como as que são consideradas de grande valor biológico. É possível ainda apontar de forma geral que é necessário na alimentação vegana que ocorra uma suplementação de B12, vitamina D e de ômega 3.

O cálcio

O cálcio auxilia na formação dos ossos e dos dentes, além dos nervos, coração e dos músculos, controlando desta forma a frequência cardíaca e o processo de coagulação sanguínea.

O Flúor

Este é fundamental para a formação dos dentes do bebê, na décima semana de gestação. Entre o segundo e terceiro trimestre, é fundamental para que se desenvolvam os dentes incisivos, bem como os molares e os botões de dentes permanentes, que ficam sob a gengiva.